Quinta-Feira, 21 de Junho de 2018

16/10/2017 - 18:58:25

DENÚNCIA/MOHAMED: QUESTIONAMENTOS VARIADOS

A postagem deste blog no domingo sobre as denúncias feitas pelo prefeito de Paranavaí Delegado KIQ contra o ex-vereador Mohamed Smaili teve certa repercussão e acabou gerando questionamentos sobre a postura a ser adotada pelo alcáide nos outros outros escritórios regionais e também em suas secretarias. O que muita gente quer saber é se o mesmo critério será adotado com outros representantes do Governo do Estado e até mesmo da equipe do prefeito KIQ. E no meio deste turbilhão está o deputado estadual Tião Medeiros, que tem e conta com o apoio do prefeito, mas foi a pessoa que indicou Mohamed para o escritório regional da Secretaria de Justiça. Situação, no mínimo, complicada.

mostrar
2

AL CAGUETA
pago prá ver...o morramed foi o boi de piranha pois tem um programa de radio aonde o povo liga e desabafa,falando as realidades,por isso ele foi metralhado...agora tem um monte de assessor do deputado que nao faz nada,e tem um monte de secretario que faz menos ainda que estao numa boa...quero ver se alguém tem peito e deda todo mundo,pois agora a coisa vai ter que ser jogada a panos limpos,doa a quem doer,ferro a quem estive errado...vamos a luta meu nome amigo...deda todo mundo!!!


Oráculo
Enquanto no Brasil não for posto em prática a política da meritocracia na ocupação dos cargos públicos, estaremos sujeitos a essas situações. Hoje para ocupar um cargo de chefia em diversos órgãos públicos, basta ser "apadrinhado político", desconsiderando se a pessoa tem a mínima capacidade ou vontade para exercer adequadamente as funções que o cargo exige. Por essas e outras o setor público nunca tem dinheiro para nada.. o desperdício de recursos é enorme!


(Clique para gravar o seu comentário)




Fale com o Praxedes