Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017

31/07/2017 - 18:07:16

ACP: SEM RESULTADO NO CAMPO E DÍVIDAS AOS MONTES

Com dívidas que chegam a R$ 500 mil, o ACP (Atlético Clube Paranavaí) chega ao fim de mais um projeto de parceria com empresário que não dá certo. Para piorar a situação, muita da empatia que existia entre a comunidade e o Vermelhinho parece ter diminuído a patamares alarmantes. Os pouco abnegados que tentam manter vivo o clube vão ter uma tarefa e tanto para reverter esta situação.

mostrar
3


31/07/2017 - 18:06:53

VISITAS DO PREFEITO KIQ

Nos últimos dias, a SECOM tem registrado visitas do prefeito Delegado KIQ a vários equipamentos públicos e bairros de Paranavaí. A iniciativa de sair do gabinete e ver os problemas de perto é extremamente elogiável, mas só alcançará os resultados esperados se as reivindicações e queixas recebidas forem solucionadas. Ou, pelo menos, seja dada uma explicação sobre a impossibilidade de resolver o problema.

mostrar

31/07/2017 - 18:06:23

VACINAÇÃO CONTRA GRIPE É AMPLIADA PARA MAIS DUAS FAIXAS ETÁRIAS

Assessoria Prefeitura
A população de mais duas faixas etárias agora também pode tomar a vacina contra a gripe em Paranavaí. A Secretaria de Estado da Saúde ampliou os grupos prioritários na última sexta-feira (28) e agora adolescentes de 11 a 17 anos e adultos de 50 a 59 anos também podem ser imunizados. A ampliação do público-alvo levou em consideração que ainda há 7.200 doses disponíveis na cidade.

mostrar

31/07/2017 - 18:05:58

PALESTRA ADIADA PARA SEXTA-FEIRA

A palestra sobre reforma e condenações trabalhistas prevista para acontecer nesta segunda-feira, dia 31, foi adiada para a próxima sexta-feira, dia 4, no mesmo horário, às 19h30, e local, auditório da Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (ACIAP). A palestra será proferida pelo juiz federal Marlos Augusto Melek. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas no Ponto de Atendimento ao Empreendedor, na Associação Comercial. A palestra tem como tema “Trabalhista! E Agora?”;
Para a palestra, Melek seleciona temas em que as empresas mais sofrem condenações na Justiça do trabalho. Apresenta estatística da crise, eficiência, eficácia e Custo Brasil e insere o Direito do Trabalho num contexto globalizando, apontando a necessidade de segurança jurídica e reforma trabalhista para tornar o ambiente de negócios menos hostil.
Como membro da comissão de redação final da reforma trabalhista, Marlos Melek aponta na sua palestra as principais alterações na legislação e o impacto delas no dia a dia e no planejamento dos negócios.
A palestra é uma promoção do de Atendimento ao Empreendedor de Paranavaí, que é uma parceria do Sebrae, ACIAP, Prefeitura de Paranavaí, Sicoob e Fatecie.

mostrar

31/07/2017 - 18:05:19

PEDIDOS DE ISENÇÃO PARA O VESTIBULAR DA UNESPAR COMEÇAM NESTA TERÇA

Participar do vestibular da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) sem pagar a taxa de inscrição é possível. Os interessados devem solicitar a isenção a partir desta terça-feira, 1º de agosto, seguindo as orientações tanto do edital como do Manual do Candidato. Os pedidos podem ser formalizados até o dia 25 de agosto.
Para conquistar a gratuidade é necessário preencher a ficha de inscrição no site do vestibular, o questionário sócio educacional e a ficha de solicitação de isenção, todos disponíveis em www.vestibular.unespar.edu.br.
Uma das exigências aos candidatos é possuir o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O documento e o Número de Inclusão Social (NIS) são fundamentais para o processo. Os casos sem a indicação de todos os dados ou com informações incorretas não serão analisados pela Comissão Central do Concurso Vestibular (CCCV).
Não existe limite para isenções, todos que executarem o trâmite corretamente receberão o benefício. A relação dos pedidos aprovados será divulgada no dia 31 de agosto. O candidato cujo nome não constar na lista de deferidos deverá imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento da taxa para participar da prova.

mostrar

31/07/2017 - 18:04:41

REQUIÃO SERÁ INVESTIDO POR GASTO IRREGULAR DO DINHEIRO DO PMDB

O senador Romero Jucá (RR), líder do governo e presidente nacional do PMDB, acusou o senador Roberto Requião (PR) de gastar 95% do fundo partidário da sigla no Paraná para financiar a campanha do filho a prefeito de Curitiba e que, apesar disso, Requião Filho se saiu muito mal na disputa, “um vexame”. Jucá prometeu investigar essa denúncia. Em vídeo gravado neste domingo, ele se dirige ao político do Paraná: "Não tenho medo de cara feia e nem de bravatas, senador Roberto Requião". E o acusou de adotar posições "lamentáveis, atrasadas, bolivarianas, petistas". As informações são do Diário do Poder.
"O senhor defende ideias da União Soviética, que, aliás, nem existe mais", disse ele dirigindo-se a Requião. Jucá também se defendeu dos ataques do senador paranaense  afirmando que nada deve à Polícia Federal e nem à Lava Jato e que não é réu em qualquer ação, ao contrário dele, Requião. As críticas de Jucá foram em reação a ataques docorreligionário, há dois dias, acusando-o de “procurar um laranja” para requerer sua expulsão do PMDB. 

mostrar

31/07/2017 - 18:04:13

FOLHA DO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL SOBE 120% EM 10 ANOS

O inchaço resultante do aparelhamento do Estado brasileiro na última década elevou os gastos com pessoal em cerca 120% entre 2007 e o ano passado, passando de R$ 126,8 bilhões para os atuais R$284 bilhões por ano para bancar Executivo, Legislativo e Judiciário. O problema é que o número de funcionários cresceu apenas 10%, passando de 1,99 milhão em 2007 para os atuais 2,2 milhões. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
O Executivo, o mais inchado dos Poderes, gastava R$ 96,7 bilhões em 2007 e aumentou gastos para R$ 213,7 bilhões (descarados 121%). O Legislativo federal, além do menor número de servidores, elevou os gastos menos (56%). Passou de R$ 5,9 bilhões para R$ 9,2 bilhões. No Judiciário, o gasto com folha aumentou 106% desde 2007, quando era de R$ 18,9 bilhões. Atualmente, a Justiça nos custa R$ 39 bilhões. O custo de servidores aumentou 10 vezes mais que o número deles por reajustes e o “crescimento vegetativo” da folha, diz o Planejamento.

mostrar

28/07/2017 - 18:11:06

MP INVESTIGA POSSÍVEL CONLUIO ENTRE EMPRESAS EM LICITAÇÕES

No último dia 14, a Promotoria de Justiça ao Patrimônio Público determinou a instauração de inquérito civil para "apurar possível conluio entre empresas, em tese concorrentes, mas que possuem mesmo quadro societário entre si, e que participaram dos procedimentos licitatórios, na modalidade pregão presencial tratando-se das empresas Roque Papelaria Ltda e Moura e Leal Ltda., bem como Ropel Comércio de Materiais Elétricos Ltda".

mostrar
2


28/07/2017 - 18:10:34

DOMINGO NO MUSEU LEVA DIVERSÃO PARA A RUA DA CASA DA CULTURA

Neste domingo, dia 30, das 14h às 18h, a Prefeitura de Paranavaí, por meio da Fundação Cultural, vai realizar em frente ao Museu de Paranavaí, ao lado da Casa da Cultura Carlos Drummond de Andrade, mais uma edição do projeto Domingo no Museu. Com o tema “Vem pro arraiá com a gente”, o evento oferece uma série de atividades culturais e recreativas.
De acordo com a diretora geral da Fundação Cultural, Rosi Sanga, o museu vai ser aberto para visitação, e o público poderá participar de brincadeiras no pátio – com jogos de mesa, pula-corda, pião, elástico e bolha de sabão gigante, entre outras. Às 15h, o Cine Sesc vai exibir na Casa da Cultura o filme “Contos da Noite”, de Michel Ocelot.
“Também teremos contação de causos e um piquenique julino. Então quem quiser pode trazer doces, bolos e pipoca, entre outros alimentos, para compartilhar. Durante a realização do evento a Rua Professor Emílio Miljutin Cogej vai ser interditada. Convidamos a população para vir brincar com a gente”, diz Rosi. Para mais informações, ligue para (44) 3422-5018. (Por David Arioch, da Fundação Cultural)

mostrar

28/07/2017 - 18:09:44

JOÃO ARRUDA RACHA FAMÍLIA REQUIÃO

Em entrevista ao npdiario.com, o deputado João Arruda (PMDB) expôs o atual racha na família do senador Roberto Requião (PMDB). Arruda é sobrinho de Requião, mas vai disputar o comando do diretório do partido em Curitiba contra o indicado pelo senador. "Eu me chamo João Arruda! Política é coisa séria. Na última eleição não pedi nem gravação de apoio para o Requião”, afirmou referindo-se ao seu tio.
Também não sobra qualquer carinho ou condescendência ao primo, deputado Requião Filho, primogênito do senador. "Requião Filho é deputado estadual, não tem nada a ver comigo ou com meu mandato. Nem dobro com ele.Não dobro em nenhum município e os que o apoiaram na eleição passada, não o apoiam mais", atacou.
João Arruda articula o nome do ex-presidente da Sanepar, Hudson Calefe, para disputar no próximo dia 5 (sábado) o comando do diretório peemedebista curitibano contra o grupo de Requião. "Não sou dissidente e nem candidato na eleição do diretório em Curitiba. Apoio um candidato que está filiado no PMDB há 32 anos", disse.
O deputado também não sabe se fica no PMDB. "O futuro a deus pertence. Se sair do PMDB, o PMDB não sairá de mim. Sou contra esse negócio de ficar mudando de partido por conta de picuinhas. Se não estou satisfeito, disputo internamente. Não dá para baixar a cabeça e aceitar tudo. Roupa suja, a gente lava em casa, se não, vira plantação de nota de quem não tem argumentos e coragem para fazer o debate do ambiente adequado", disse João Arruda.

mostrar

Fale com o Praxedes